O que é lixo eletrônico?

Publicado em 26 outubro 17 às 14:48 por luizcotta

Você sabia que assim como o papel, o plástico, o metal, o lixo eletrônico também deve ter um descarte específico? Mas, afinal, o que é lixo eletrônico? Talvez você já tenha escutado esse nome, ele se refere a todos os componentes eletrônicos que não podem ser reaproveitados como: celulares, computadores, pilhas, baterias e eletroeletrônicos em geral.

Compostos de elementos como cádmio, níquel, chumbo, mercúrio, lítio, ouro, prata, cobre e várias outras substâncias tóxicas, cancerígenas e até letais, caso sejam absorvidas por pessoas ou animais em grandes quantidades. O lixo eletrônico causa também a contaminação do meio ambiente ao ser exposto ao sol e a chuva, liberando partículas que podem contaminar o solo.

O avanço da tecnologia propicia cada vez mais o aumento da produção de eletroeletrônicos no mundo, e atualmente esse setor industrial é um dos que mais cresce no mercado. De acordo com o Programa de Meio Ambiente da ONU (Pnuma), em 2017, a quantidade de lixo eletrônico descartada no mundo deve chegar a 50 milhões de toneladas. E entre os países da América Latina, o Brasil lidera o ranking da quantidade de lixo eletrônico produzida ao ano: cerca de 1,4 milhões de toneladas.

Esses números trazem à tona a grandiosidade do problema e reafirmam a importância da destinação correta do lixo eletrônico. Esse descarte pode acontecer de várias formas, seja através da devolução ao fabricante, doações, descarte, reciclagem e descarte profissional. Hoje existem diversas empresas especializadas em coleta e reciclagem de eletroeletrônicos, muitas fazem a coleta dos materiais diretamente nas residências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *